sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Happy hour - Therezópolis Gold

Cumprindo a difícil promessa de postar comentários sobre a cerveja, me aventurarei em mais esse. A boa do dia é a Therezópolis Gold. Não pense em torcer o nariz achando que esta é uma cervejinha qualquer. Ela tem o seu valor!
Ela é bem fácil de achar em mercados, mas em bares sua presença ainda não impera. Talvez em bares e restaurantes fora da região metropolitana do Rio de Janeiro, seja mais fácil encontra-la.


O blog tem sido um exercício constante de aprendizado para mim. Cada dia aprendo uma coisa nova: design, combinação de cores, HTML, e editar fotos. Pois é, agora cada foto que posto no blog é levemente editada. Um corte aqui, uma alteração de luz ali, acerta a sobra, o tom... Com esta foto, também não foi diferente. Por que estou falando isso? Pois eu tinha a opção de excluir a minha tulipa favorita, mas não o fiz.

Na verdade, não tenho tulipa favorita, eu tenho um time favorito: Sim, sou botafoguense. De coração e de geração! Minha família é botafoguense: pai, primos e marido! Não tem como fugir, temos tulipa, adesivo, agendinha, chinelo, camisas do Botafogo. Simplesmente adoramos colecionar pequenas coisas, inclusive a tulipa! O copo não é o melhor do mundo, mas é do Botafogo. Lá em casa eu só tomo cerveja  nele!!! Então, provavelmente ele aparecerá em mais fotos!


Amor declarado ao clube, voltemos à cerveja. A Theresópolis Gold é uma cerveja típicamente pilsen: dourada, transparente e levemente amarga. Ela tem um aroma bem gostoso e um paladar suave, mas não tão aguada como outras do mercado. O seu paladar é bem agradável com um gosto de malte bem suave. Não é uma cerveja que cria muita espuma, e quando a tem é de curta duração. Ela é uma boa opção para tomar durante um bate-papo regado a salgadinhos e belisquetes!

Neste dia, tomei a cerveja acompanhada de fatias de pão com parmesão e iscas de carne aceboladas... Rapidinho de fazer e simplesmente delicioso!


Bem, é uma opção para a cervejinha para o dia a dia. E vocês já provaram? E o que acharam?

Brisa.

6 comentários:

  1. Que beleza! Nada melhor nesse calor do que uma cervejinha gelada né! Sugiro um post sobre a cerveja de trigo, que acho deliciosa e com um gosto bem particular.
    Bjos da sua frequentadora assídua..rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabi, com certeza postarei sobre a cerveja de trigo. Ela realmente tem um sabor bem particular. Neste calor, no Rio de Janeiro, uma cerveja gelada realmente é muito refrescante. Amiga, obrigada pelas visitas! Estou adorando este carinho!

      Excluir
  2. Brisa, tenho um certo carinho pela Therezópolis Gold. No primeiro (e único, diga-se de passagem) jantar realmente romantico que o Gabriel fez pra mim, ele me serviu a Therezopolis. Adorei de cara a cerveja. O clima ajudou bem, mas ela por si só é uma maravilha mesmo!!!!! Já a tulipa... (kkkkkkkkkk)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lembrança deliciosa!!! Obrigada pela visita!
      bj

      Excluir
  3. Não vou nem comentar sobre a tulipa!! Péssimo gosto!!! Mas, entendo que cada um tem a sua sina e a da Brisa, nesta vida, é essa msm. Hahahaha...

    Falando sobre o que interessa: a Therezópolis é bem gostosinha mesmo. Ahhhh, e uma info: na Rua do Ouvidor, bem no Centro do Rio, tem um restaurante chamado Antigamente que vende esta cerveja!!! ;-)

    ResponderExcluir
  4. Ahhh, acabei esquecendo: suas fotos estão, a cada dia, melhores! Parabéns!

    ResponderExcluir